2 dicas valiosas para melhorar a sua entrada nas operações

Saber a melhor hora de entrar em um gráfico sempre vai depender de diversos fatores, incluindo, mas não se limitando, é claro, ao seu perfil, sua estratégia, sua gestão de risco, entre outros. Mas neste artigo vamos te dar duas dicas simples, mas valiosas que podem melhorar sua entrada nas operações, independente desses fatores.

 

  1. Mapeamento diário

Quando falamos em mapeamento diário, não estamos nos referindo a mapear o gráfico diário, e sim estar ciente de quais são os pontos importantes do gráfico diariamente. Isso ajuda você compreender onde pode acontecer uma oportunidade de compra, de venda, etc. E não é preciso sair traçando tudo quando é linha no gráfico: dois pontos importantes, pontos de interesse, são suficientes para ajudar a identificar onde podem acontecer as melhores oportunidades. E sempre negocie nos pontos de interesse, ficar procurando em outros locais aleatórios do gráfico só vai gastar seu tempo desnecessariamente.

Isso nos leva a outra questão relacionada aos pontos de interesse: evite negociar na chamada “terra de ninguém”. A Terra de Ninguém é a região intermediária de um canal, onde não se está nem próximo do nível de resistência, nem do nível de suporte. Em outras palavras, você não está nem num possível bom ponto de compra, nem num possível bom ponto de venda.

 

  1. Determine um ou dois padrões de entrada

Essa dica é muito simples, mas vai te ajudar muito. Definir um ou dois (não mais do que isso) padrões vai te dar um bom direcionamento na hora de identificar oportunidades de entrada. Os padrões podem ser formações de candle, ou um cruzamento de médias móveis, um indicador, um rompimento do ponto de interesse, enfim… Qualquer padrão que ajude a tornar mais claro as áreas com maiores oportunidades de entrada.