Análise Fundamentalista x Análise Técnica: qual a diferença?

Análise Fundamentalista x Análise Técnica: qual a diferença?

Dentro do Mercado Financeiro, existem diferentes métodos e estratégias utilizadas pelos traders na tentativa de ganhar dinheiro. Para cada uma delas, também surge uma forma diferente de analisar os ativos e buscar aquilo que pode ser mais atrativo para uma compra ou venda.

Neste contexto, duas abordagens são bastante conhecidas até mesmo por que não é um especialista em renda variável. Estamos, claro, falando sobre a Análise Fundamentalista e sobre a Análise Técnica.

Quando esse é o assunto, é comum que surjam dúvidas sobre cada uma funciona ou até mesmo qual é melhor para as próprias operações. Você entenderá tudo isso neste artigo, incluindo qual delas é mais indicada para o seu perfil estratégico. E nada melhor do que começar explicando como cada uma funciona, certo?

O que é a Análise Fundamentalista?

A Análise Fundamentalista é focada em indicadores e no entendimento do momento vivido pela própria empresa que está sendo analisada dentro da Bolsa de Valores. Esse tipo de avaliação é voltada geralmente para a compra (ou venda) de ações, mas também podem englobar outros formatos de ativos.

Neste modelo, o foco está em entender o que se chama tecnicamente de valor intrínseco da empresa. O valor intrínseco é diretamente relacionado com o que ela pode apresentar no futuro, sendo diferente do seu preço de mercado (que é o valor do seu papel). Os preços podem (ou não) refletir o justo para esse valor da companhia.

Ou seja, dentro da Análise Fundamentalista estamos falando sobre buscar negócios que tenham potencial de crescimento para o futuro, em especial para casos de desvalorização entre o preço praticado no mercado e o que ela realmente deveria estar valendo no momento da análise.

Para isso, os fundamentalistas utilizam de diversas técnicas como, por exemplo, o modelo do fluxo de caixa descontado, onde o operador faz um exercício de projetar fluxos de caixa futuros e entender o seu valor de momento.

Além disso, diversos indicadores empresariais podem fazer parte da análise como preço versus lucro, margem bruta, nível de endividamento e fatores macroeconômicos que possam afetá-la diretamente.

Qual o foco da Análise Fundamentalista?

Como o objetivo central da Análise Fundamentalista está em analisar a saúde financeira de uma empresa e seu potencial de crescimento, essa é uma metodologia orientada para o longo prazo.

Ou seja, trata-se de um formato muito utilizado para traders que desejam manter o ativo em análise em carteira por períodos de tempo maiores (médio ou longo prazo). Ela pode ser empregada tanto na expectativa de uma grande valorização do seu preço, como na exploração de dividendos pagos pelas companhias.

O que é a Análise Técnica?

Já na Análise Técnica, os indicadores e a orientação de longo prazo das organizações perdem importância. O grande objetivo dessa metodologia está na avaliação de gráficos de precificação dos ativos em análise.

Existem diversas estratégias que podem ser empregadas dentro da Análise Técnica para uma tomada de decisão sobre um título. Uma delas, bem conhecida, é o uso da análise de suporte e resistência. Essas são linhas imaginárias que acompanham um gráfico ao longo do tempo e que indicam limites normais dentro da variação de preços.

Em outras palavras, o suporte condiz com o “preço mínimo” que um ativo pode apresentar. A partir do momento em que atinge o seu suporte, ele volta a subir. Da mesma forma, em tempos de valorização, ele pode atingir a sua resistência — um “preço máximo” que não é superado com facilidade.

As aspas não foram empregadas por acaso, pois essa não é uma regra, mas sim uma situação que se apresenta ao longo de um determinado período. As linhas de suporte e resistência podem ser rompidas e, neste caso, sugerem uma quebra de tendência. Quando isso acontece, muitos traders gostam de entrar no mercado.

Esse é apenas um exemplo de abordagem dos gráficos dos ativos, mas existem muitas outras. Há quem goste de trabalhar com figuras, outros buscam desenhos específicos. O assunto é complexo e, por enquanto, basta você entender que a tomada de decisão é feita com base no gráfico do seu preço — e não em indicadores.

Qual é o foco da Análise Técnica?

Como você viu, a Análise Técnica tem seu trabalho focado na avaliação dos gráficos de um determinado ativo. O objetivo é identificar potenciais momento de valorização ou desvalorização da sua precificação, aproveitando essas oportunidades para lucrar por meio de compra e venda ou venda e compra.

Por essa característica mais dinâmica, a Análise Técnica é mais recomendada para operações velozes e focadas no curto ou curtíssimo prazo. É a escolha de estratégias desse perfil como o Day Trade ou o Swing Trade, entrando e saindo do mercado rapidamente.

Análise Fundamentalista x Análise Técnica: qual é melhor?

Agora que você conhece as duas metodologias, talvez esteja se perguntando qual é melhor para aplicar no seu próprio trabalho como trader, não é mesmo? E então, em qual você deve focar nos seus estudos? Tem algum palpite?

A resposta depende diretamente de qual é o seu estilo como trader. Como vimos ao longo do artigo, são abordagens diferentes e com focos opostos. A Análise Fundamentalista tem por base entender a saúde da empresa e avaliar o seu potencial no longo prazo, enquanto que a Análise Técnica busca por variações de prazo em curtos intervalos.

Portanto, a melhor metodologia é aquela que condiz com seu estilo de trabalho dentro do Mercado Financeiro. Existem diferentes claras entre as duas abordagens como o prazo da operação, o foco de ganhos financeiros e o formato de análise. Cada uma tem suas vantagens e desvantagens.

Apenas certifique-se de que está empregando o modelo correto de avaliação de acordo com o próprio perfil ou estratégia. Ou seja, se você compra ativos pensando em dividendos, não faça apenas análises gráficas (elas dizem muito pouco sobre o longo prazo, mas são valiosas para períodos curtos).

Para aprender ainda mais sobre conceitos do Mercado Financeiro, aproveite para conhecer nosso curso ABC do Trading. O treinamento é 100% online e gratuito, ajudando você com os primeiros passos como trader.