4 dicas para melhorar o seu controle emocional para lidar com perdas no Mercado Financeiro

O sucesso no Mercado Financeiro está atrelado a dois fatores primordiais: técnica e controle emocional. Há quem diga que o segundo fator seja mais preponderante que o primeiro, dado que operar na bolsa é um exercício mental de alta complexidade, sendo necessário lidar com um turbilhão de emoções, como angústia, euforia, medo, frustração, entre muitos outros. 

Para quem opera em Day Trade, é possível experimentar todas essas emoções em um mesmo dia, não é mesmo? 

E, como você já deve saber, o controle emocional se faz importante, sobretudo, no momento de lidar com perdas. Quem nunca pensou em desistir de tudo depois de ter uma posição zerada?

Pensando em lhe ajudar a enfrentar esses momentos da melhor forma possível, preparamos este artigo com 5 dicas sobre como ter controle emocional para operar no Mercado Financeiro.

Seja fiel à sua estratégia

Boa parte dos traders não sobrevivem no mercado por não estabelecerem uma estratégia para operar. Falta a esses players definir regras claras para eles próprios seguirem. Quem se nega a fazer isso, muitas vezes, está, mesmo que inconscientemente, se eximindo de responsabilidade por suas ações, preferindo estar à mercê do próprio impulso.

Nossa dica, portanto, é: não seja esse tipo de trader. Saiba, pelo menos, responder as seguintes perguntas.

  • Quais as possibilidades o mercado em que atuo me reserva?
  • Qual será o meu limite de perda? E de ganho?
  • Em quais horários eu vou operar?

 

Uma boa estratégia deve levar em consideração muitos outros aspectos, mas os tópicos listados já são um bom ponto de partida para orientar suas ações.

Não deixe a ganância orientar suas ações

Para saber lidar com perdas também é preciso lidar com ganhos. Na prática, isso se traduz em controlar sua ganância. 

Como destacamos no tópico anterior, assim como é saudável estabelecer um limite de perdas, também é interessante estabelecer um limite de ganhos – o que te resguardará de “perder” ou deixar de ganhar. 

Sem ter a pretensão de apresentar nenhum número mágico, vamos pensar em um perfil moderado de investidor, para melhor visualizar o que queremos dizer com limite. Depois de 20% de valorização de um ativo, qual a atitude mais natural? Vender, não é mesmo?

Para o seu tipo de operação, seja qual for o limite estabelecido, seja fiel a ele. Não se deixe levar pela ganância, pensando ser possível obter ganhos exorbitantes em uma única operação. 

Esteja em um estado emocional adequado para operar

Outro erro crasso cometido por muitos traders é operar pensando em repor perdas, sejam elas decorrentes de outras operações ou do próprio momento financeiro/pessoal que se está vivendo. Nem de longe esse é melhor momento emocional para tomar decisões que demandam frieza e autocontrole. 

Isso porque alguém nessa situação já parte de uma perspectiva danosa de que é preciso “correr atrás do prejuízo”, algo que desviará todas as suas escolhas, comprometendo seu desempenho. 

Em momentos como esse, o melhor a se fazer é simplesmente não operar. Ou, pelo menos, refletir sobre o momento e esfriar a cabeça até se sentir pronto para se manter fiel à sua estratégia.  

Aprenda a pensar em termos de probabilidade

Perdas são sempre um baque para qualquer investidor e podem repercutir de forma muito negativa em seu estado emocional. No entanto, podemos afirmar que perder “dói” menos para quem pensa em termos de probabilidade e conhece o mercado em que atua.

Quem está nessa posição e encontra amparado por uma estratégia consistente, se sente confortável para lidar com as oscilações do mercado e sabe que eventuais perdas fazem parte do jogo.

É claro que, em casos de sucessivas perdas, é preciso fazer uma autoavaliação e, quem sabe, aguardar o momento mais oportuno para voltar a operar. 

Gostou de nossas dicas sobre como ter controle emocional para lidar como perdas no Mercado Financeiro? Restou alguma dúvida? Registre sua dúvida ou opinião nos comentários.