O que é negociado no Mercado Futuro?

O Mercado Futuro é um dos preferidos dos traders para suas negociações dentro do Mercado Financeiro. Ele permite, afinal, que o investidor possa explorar a variação dos preços dos ativos em data futura. O que é ótimo pensando em oscilação e volatilidade, dois elementos sempre úteis nas operações de trading.

Outro ponto positivo do Mercado Futuro é a variedade de produtos que podem ser utilizados para obter lucros. Não há apenas uma categoria, mas várias oportunidades distintas para quem busca a variação de preço.

Se você não tem tanta intimidade com o Mercado Futuro ou acha esse tema um pouco confuso, não se preocupe. No artigo de hoje, nós vamos entender tudo que envolve esse instrumento a partir de agora. Vamos lá!

 

O que é o Mercado Futuro?

Em primeiro lugar, é importante definir o funcionamento do Mercado Futuro. Em resumo, trata-se de um ambiente em que são negociados instrumentos de compra e venda de ativos para uma data futura. Ou seja, você acordaria hoje um valor para negociação posterior. E faria isso mesmo sem saber o que vai ocorrer com o preço do produto ao longo dos dias seguintes.

Existem dois perfis que utilizam muito o Mercado Futuro. Um deles é o produtor de alguma mercadoria que não queira ficar exposto aos riscos do seu mercado. É o caso de um exportador que prefira garantir o preço do dólar em data futura. Ele evita assim a volatilidade da cotação da moeda americana. Trata-se, portanto, de um instrumento de proteção.

Além dele, o Mercado Futuro é muito utilizado pelos traders. Isto é, operadores do Mercado Financeiro que apostam na volatilidade do ativo. Assim, lucram com a variação de preço em curtos intervalos de tempo. Como esses contratos são ajustados diariamente, você consegue obter lucro (ou prejuízo) antes mesmo do seu vencimento.

Existem ainda outras características que são muito úteis ao trader:

 

  • Facilidade de negociação: ela ocorre dentro das próprias Bolsas de Valores.
  • Grande liquidez: permite que você compre e venda seus contratos com muita agilidade e sem sustos.

 

Quais são os ativos que podem ser negociados no Mercado Futuro?

Outro ponto bem atrativo do Mercado Futuro é a diversidade de produtos que podem ser utilizados pelos traders nas negociações. Vamos conhecer algumas das possibilidades, apenas para que você comece a criar maior intimidade com esse mercado.

 

  • Commodities: as mercadorias são um dos itens mais utilizados nas negociações de contratos futuros. É o caso de milho, soja, café e outros tantas commodities com as quais trabalham os produtores e exportadores.
  • Câmbio: outro formato muito popular, já mencionado ao longo do texto, é o uso de moedas internacionais – como o dólar ou o euro, por exemplo. É um instrumento muito utilizado em estratégias de Hedge.
  • Índices globais: se você gosta de negociar ações nas suas operações, uma alternativa para o Mercado Futuro é utilizar os índices globais. Eles são carteiras com um pacote de ações e se movimentam de acordo com os seus preços. É o caso do S&P500, índice que engloba as ações mais negociadas dos Estados Unidos.

 

Como funciona o Mercado Futuro?

Se você se interessou em operar no Mercado Futuro, a primeira coisa a fazer é saber como encontrá-lo na sua corretora. Os contratos são disponibilizados em lotes, e o trader pode atuar alavancado. Basta fornecer uma margem de garantia como proteção para a operação.

Cada produto tem regras e condições particulares sobre quanto vale cada contrato e a forma de variação do seu valor. De qualquer forma, os lucros e as perdas dependerão diretamente do seu comportamento ao longo do tempo. Ao comprar contratos futuros do milho, por exemplo, os seus resultados dependem diretamente da precificação desse ativo.

 

Quais são as vantagens do Mercado Futuro?

O Mercado Futuro é muito utilizado pelos traders, e não por acaso. Ele reúne uma série de características excelentes para quem busca o lucro por meio da oscilação de preço dos ativos.

Em primeiro lugar, como vimos, você tem uma excelente variedade de produtos. É possível negociar commodities, índices globais, juros e até moedas. Isso permite uma excelente diversificação de oportunidades no Mercado Financeiro.

Outro ponto muito atrativo desse mercado é a possibilidade de atuar alavancado. Isso possibilita que você abra posições com valores superiores ao de sua conta corrente, algo que pode alavancar os lucros. No entanto, lembre-se de que essa maior exposição também vale para o caso de perdas.

Há ainda a questão da liquidez, que permite ao trader uma enorme facilidade de comprar e vender seus contratos. E também permite aproveitar as rápidas oscilações de preço dos ativos em suas operações financeiras. Isso sem falar na oportunidade de operar vendido, lucrando também em períodos de baixa dos ativos.

 

Quais são os riscos do Mercado Futuro?

Apesar de muito atrativos, os contratos futuros também englobam um alto nível de risco que deve ser monitorado pelo trader. A começar pela alavancagem, que, como sinalizamos, também pode elevar as suas perdas. E fazer inclusive com que você tenha um prejuízo maior do que o capital utilizado na operação. Portanto, utilize esse recurso com responsabilidade.

Outro risco a ser monitorado é a alta volatilidade. Os preços podem variar com grande força de um dia para o outro. Essa não é necessariamente uma característica ruim. Ela pode ser muito positiva na medida em que produz rápidos resultados. Mas também pode assustar um pouco o trader iniciante.

 

Quer aprender mais sobre o Mercado Futuro?

Como percebemos, o Mercado Futuro traz excelentes oportunidades aos traders. Eles podem utilizar esses instrumentos para negociar ativos e lucrar com as respectivas variações de preço. É mais um formato que você pode utilizar nas suas próprias operações.

Quer se especializar nesse e em outros assuntos que envolvam a atuação de um trader? Fica o convite para conhecer o ABC do Trading, nosso treinamento gratuito. Ele permite que você aprenda diversos conceitos sobre o Mercado Financeiro sem investir nada além de tempo.